Os Chakras

 

Chakra é uma palavra sânscrita que significa “roda” ou disco giratório. Os chakras são pequenos discos de 5 cm. de diâmetro, entretanto quando ativados em pessoas sensíveis às forças extrafísicas, eles parecem redemoinhos de luz resplandecente. Os chakras estão situados no Corpo Etérico (quarto corpo) que flui numa linha extrema ao corpo físico, acima dos plexos nervosos e áreas glandulares, portanto os chakras servem como canais nutrientes de energia e alteram nossas atividades no plano físico através da função das glândulas endócrinas. Essas glândulas regulam a substância física no nível das funções orgânicas, do equilíbrio mental e da integridade emocional. Os chakras recebem influências das condições atmosféricas, da confluência dos astros, dos raios cósmi cos e da nossa utilização das energias que podem ser destrutivas, uma vez que a energia é neutra e nós, através dos corpos que as transformamos.

Os chakras variam em forma e em brilho, de pessoa para pessoa e podem se desenvolver de forma diferente em relação aos outros, na mesma pessoa. Se uma pessoa possui certos traços superiores relacionados com um determinado chakra, este chakra não é apenas engrandecido, mas também se torna radiante de raios dourados brilhantes.

CHAKRA RAIZ OU CHAKRA DA BASE

O funcionamento deste chakra determina a nossa ligação com a terra e com a matéria, é a âncora do espírito, então, quando não funciona bem surgem às doenças. Este chakra é, normalmente relacionado com o sexo e é também a sede de energia mais intensa do corpo físico, ele é a energia que capta a substância para criar uma forma de vida, movimento conhecido como Kundalini-força transcendental para sua atividade e o responsável pelos aspectos físico, material e psicológico do homem, inclusive pela consciência e inconsciência.

Centro Psicológico: Identidade, autoconfiança, sobrevivência, autonomia, realização e insegurança.

Órgãos: Ossos e todas as partes sólidas do corpo.

CHAKRA ESPLÊNICO OU SACRO

Está intimamente ligado ao chakra básico, mas está a nível mais consciente, começando a dominar a substância materializada. Este chakra intensifica a compreensão das emoções e a abertura de novas idéias, está ligado também à materialização do planejamento futuro.

Este chakra acumula padrões negativos gerados em nossos esforços para estabelecer um sistema de viver e amor.

Centro Psicológico: Desejo de afeto e segurança, criatividade inferior, capacidade de dar e receber, relações interpessoais, sexualidade, alegria de viver e medo.

Órgãos: órgãos sexuais, bexiga, uretra, e músculos.

CHAKRA SOLAR

Neste chakra a consciência está pronta para aprender sobre o controle de si mesmo, aprendendo a manejar o seu próprio poder e o equilíbrio entre Yin (passividade) e Yang (atividade).A capacidade de nos relacionarmos em sintonia com as pessoas, com os locais e coisas provém desta porta de inter-relacionamento, bem como da capacidade de projetar o corpo em viagem no tempo(ou viagem astral), onde ficamos ligados por um cordão prateado-brilhante. Este chakra está ligado ao subconsciente.

Centro Psicológico: Vontade de saber, aprender e participar, mente pessoal, instinto gregário, poder e domínio.

Órgãos: fígado, vesícula biliar, pâncreas, baço,estômago,e sistema nervoso.

O CHAKRA CARDÍACO

Por ser a sede do Eu superior, este chakra, quando desenvolvido, produz habilidades fantásticas como desenvolvimento do amor cósmico incondicional, livre do individualismo e a capacidade de realizar todos os desejos.

O chakra cardíaco, por estar ligado ao sentido do tato,está ligado às mãos a pele, e quando bem desenvolvido é possível perceber através dele até a matéria astral, através do sentido do tato astral e da cura psíquica, através da captação e transmissão do prâna pela palma das mãos e poderes psicocinéticos (capacidade de movimentar objetos).

Ele é também o local de encontro das dualidades, representando muitas vezes pela Estrela de Davi, que reúne tanto o que está em cima quanto o que está embaixo em forças iguais e triangulares, promovendo dentro de si a integração de forças superiores e inferiores, e também as funções cerebrais direitas e esquerdas do cérebro.

Centro Psicológico: Amor universal,visão real do mundo, autoconhecimento, harmonia, auto-estima, compaixão.

Órgãos:Coração, pulmão e sistema circulatório.

O CHAKRA LARÍNGEO

O  Chakra laríngeo é particularmente importante por ser o local de encontro dos três  chakras superiores, servindo como veículo de comunicação das faculdades superiores. Por estar centralizado na região da garganta, ele influencia a expressão sonora, a audição, a telepatia e o uso dos mantras e das palavras e criatividade através das vibrações sonoras, deste modo é também chamado de centro de “cornucópia”, aquilo que você expressa através da voz, torna-se um desejo realizado. Influencia a expressão, a comunicação, a audição interior, e o equilíbrio do crescimento físico e mental.

Centro Psicológico: Criatividade superior, autodisciplina, autoconfiança, iniciativa, responsabilidade, agir de forma transpessoal, comunicação e auto-expressão.

Órgãos: Garganta, laringe, traquéia, tiróide, paratireóide, sistema linfático.

O CHAKRA FRONTAL OU TERCEIRO OLHO

Este é o terceiro olho ou olho que tudo vê, o centro da clarividência e da ciência visionária, em seu aspecto espiritual ele rege a visão interior e a inspiração intuitiva. É neste ponto que acontece o salto da mente inferior para a superior, à consciência crítica torna-se operacional.Quando as energias dos chakras cardíaco e frontal forem dominadas, então o indivíduo pode deparar-se com as formas superiores de ordem e vontade, a projeção de suas formas-pensamento e o equilíbrio psíquico, bem como a integração dos aspectos negativos e positivos da sua personalidade.

Ele é chamado de chakra mestre porque controla todos os chakras principais e o sistema endócrino, além de afetar todos os órgãos vitais. Estabelece a ligação entre o inconsciente e o mental.

Centro Psicológico: Integração e síntese, desejo de poder e controle, intelecto, visão interior, intuição, clarividência.

Órgãos: Olhos, nariz, ouvidos, pituitária, parte inferior do cérebro e sistema nervoso.

CHAKRA CORONÁRIO OU DA COROA

O sétimo chakra normalmente não se encontra ativado uma vez que as energias atuantes são muito sensíveis e delicadas, por ele nos supre com a vida cósmica, que flui normalmente. A sua freqüência é bastante elevada e exige um grau de pureza e integridade pessoal bem desenvolvidas.

Centro Psicológico: Vontade espiritual, sentido de unificação.

Órgãos: Cérebro e glândula pineal.